Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Bionorte
Bionorte
   Brasil, quarta-feira, 21 de Agosto de 2019.CPF:Senha:

Currículo

Currículo do Pesquisador

Eduardo Rezende Honda
CitaçõesHONDA, EDUARDO;EDUARDO REZENDE HONDA;HONDA, E.;HONDA, EDUARDO REZENDE;Eduardo R Honda;Honda, ER
TitulaçãoPós-Doutorado
ÁreaCiências da Saúde :: Saúde Coletiva
Formação
  • Pós-Doutorado - Periodo: 2011 a 2011 - Universidade Federal de Viçosa
  • Doutorado - Periodo: 2004 a 2008 - Biotecnologia
    Universidade Federal do Amazonas
  • Mestrado - Periodo: 2002 a 2003 - Biologia Experimental
    Universidade Federal de Rondônia
  • Graduação - Periodo: 1992 a 1999 - Farmácia Bioquímica
    Universidade Federal do Maranhão
Atuação Profissional
  • Centro de Pesquisas Em Medicina Tropical- / Periodo: 2000 a atual
  • Centro de Pesquisas Gonçalo Muniz- / Periodo: 1998 a 1999
  • Departamento de Vigilancia Municipal Porto Velho- / Periodo: 2008 a atual
  • Faculdade São Lucas- / Periodo: 2010 a atual
  • Faculdades Integradas Aparício Carvalho- / Periodo: 2004 a 2012
  • Governo do Estado de Rondônia- / Periodo: 2005 a atual
  • Instituto de Apoio As Pesquisas Em Patologias Tropicais- / Periodo: 2004 a 2011
  • Universidade Federal de Viçosa- / Periodo: 2012 a atual
  • Universidade Federal do Maranhão- / Periodo: 1996 a 1998
Linha de Pesquisa
  • Leishamniose
  • Lesihmaniose
  • Virologia
Projetos de Pesquisa
  • Monitoramento e Caracterização Molecular de Arbovírus Circulantes no Estado de Rondônia, Amazônia Ocidental, Brasil.
    A Floresta Amazônica é considerada o maior reservatório de Arbovírus do mundo, sendo a região Amazônica brasileira a com maior variedade de arbovírus até hoje isolados. A maioria dos Arbovírus atualmente registrados encontra-se distribuída dentro de seis famílias: Bunyaviridae, Flaviviridae, Reoviridae, Rhabdoviridae, Togaviridae e Asfaviridae (Pinheiro et al., 1996). Os arbovírus possuem genoma na sua maioria constituído por ácido ribonucléico (ARN), exceto o African swine fever virus (ASFV). Muitos destes vírus são responsáveis por doenças humanas. Para isolamento de arbovírus circulantes no estado de Rondônia serão utilizados soros de pacientes com doença febril aguda não malárica coletada pela rede instalada pelo Laboratório Central de Saúde Publica LACEN/RO, instalada ao longo das regionais de saúde do Estado. Serão utilizados primers descritos na literatura para caracterização e filogenia de arbovírus.
    Período: 2012 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • DESENVOLVIMENTO DE UM MULTIPLEX PCR PARA DETECÇAO SIMULTÂNEA DOS VÍRUS HBV, HCV, HIV E HTLV EM AMOSTRAS DE SORO DE PACIENTES ATENDIDOS NAS UNIDADES AMBULATÓRIAIS DE HEPATITES VIRAIS DA AMAZÔNIA OCIDENTAL BRASIL
    Detecção qualitativa por Multiplex PCR dos vírus HBV, HCV, HIV e HTLV. - Padronização da técnica para ser utilizada nos bancos de sangue ou outros laboratórios como triagem molecular desses vírus em uma única reação (Multiplex). Possibilitando uma detecção acurada em casos de janela imunológica não detectada pelos testes sorológicos.
    Período: 2010 - 2011 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • IDENTIFICAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA DO VÍRUS DA HEPATITE B POR PCR EM TEMPO REAL EM AMOSTRAS DE PACIENTES DA REGIÃO AMAZÔNICA.
    A PCR em tempo real vem se mostrando com uma alternativa mais útil, quando comparada a métodos baseados na presença de HBeAg, onde devido a alta variação genética do vírus que continua a se replicar, porém sem secretores de HBeAg. A quantificação dos níveis de DNA do vírus da hepatite B é importante para determinar o nível de replicação viral, para avaliar a resposta a tratamento com antivirais e acompanhar a resistência a esses medicamentos.
    Período: 2009 - 2011 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • ESTUDO MOLECULAR DO VÍRUS DA HEPATITE C EM AMOSTRAS DE SOROS DE PACIENTES ATENDIDOS NAS UNIDADES AMBULATÓRIAIS DE HEPATITES VIRAIS DA AMAZÔNIA OCIDENTAL BRASIL
    Identificar e quantificar o vírus VHC em amostras de soro de pacientes em tratamento - Dentro do estudo molecular do vírus será analisada a carga viral e os genótipos freqüentes através de analise por seqüenciamento determinando a relação entre carga viral e genótipo. Esses resultados poderão auxiliar o desenvolvimento terapêutico adequado. - Caracterizar os subtipos do HCV através de analises filogenéticas. - Correlacionar os resultados moleculares com a resposta ao tratamento..
    Período: 2009 - 2011 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • MAPEAMENTO DE MUTAÇÕES DO VÍRUS DA HEPATITE B DE PACIENTES ATENDIDOS NAS UNIDADES AMBULATORIAIS DE HEPATITES VIRAIS DA AMAZONIA OCIDENTAL - BRASIL.
    Estabelecer o perfil molecular das mutações do vírus B da hepatite. - Identificar mecanismos moleculares que contribuirão ao conhecimento científico das mutações relacionadas à resistência a drogas. - Estabelecer um banco de seqüências virais para determinados grupos populacionais mutantes para que possamos dar respostas a futuras perguntas de importância cientificas.
    Período: 2008 - 2011 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • EXPRESSÃO E PURIFICAÇÃO DO ANTÍGENO DELTA RECOMBINANTE PARA PRODUÇÃO DE INSUMOS DIAGNÓSTICOS
    Expressão do Antígeno delta em organismos procariontes. - Obtenção do antígeno delta na forma recombinante permite a produção de insumos reagentes visando verificar a especificidade dos anticorpos dos pacientes infectados pela hepatite delta.
    Período: 2008 - 2010 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • ANALISE MOLECULAR DO VÍRUS DA HEPATITE DELTA EM AMOSTRAS DE PACIENTES ATENDIDOS NAS UNIDADES AMBULATORIAIS DE HEPATITES VIRAIS DA MAZONIA OCIDENTAL.
    Detectar o RNA do vírus da hepatite D por amplificação de ácidos nucléicos, para determinar os genótipos do HDV circulantes através do seqüenciamento. - Quantificar o RNA por amplificação de ácidos nucléicos pelo PCR em tempo real desenvolvida e otimizada pelo próprio laboratório.
    Período: 2009 - 2010 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • IDENTIFICAÇÃO, QUANTIFICAÇÃO E GENOTIPAGEM DO VÍRUS DA HEPATITE C EM AMOSTRAS DE PACIENTES DA REGIAO AMAZONICA POR PCR EM TEMPO REAL
    Introdução: O vírus da hepatite C (HCV) pertence à Família Flaviviridae, apresenta uma única fita de RNA com cerca de 9600 nucleotídeos. A detecção direta do RNA viral tornou-se uma ferramenta essencial no diagnóstico da infecção suas vantagens incluem a possibilidade de detecção precoce na infecção viral aguda. A metodologia de PCR em tempo real permite a detecção do produto à medida que vai sendo formado, permitindo a resolução de uma ampla faixa de carga viral, mostrando ser uma alternativa para a detecção e quantificação do RNA do HCV. Objetivo geral: Desenvolver um diagnóstico qualitativo e quantitativo em amostras de soro de HCV de pacientes da região Amazônica por PCR em tempo real. Materiais e Métodos: Foram analisadas 40 amostras de soro de pacientes com suspeita clínica da doença com marcadores sorológicos positivos atendidos no Ambulatório de Hepatite do CEPEM. A obtenção do RNA foi feita através do kit QIAamp viral RNA e para transcrição foi utilizado o kit TaqMan Reverse Transcription. A PCR em tempo real foi feita utilizando 6 l de cDNA. A quantificação foi feita através de uma curva padrão externa que consiste em alíquotas de concentrações conhecidas. Resultados: A detecção do HCV foi realizada com a técnica de PCR em tempo real e para a produção da curva padrão foi selecionadas 2 amostras com carga viral conhecida utilizada como controle na reação. A PCR convencional foi utilizada para amplificar essas amostras, os fragmentos amplificados foram seccionados do gel de agarose e purificados para ligação em vetor de clonagem. Para a transformação utilizou-se cepas de E.coli, seguido de miniprep e linearização do plasmídio. Para produção do transcrito foi utilizando kit Ribomax. Em seguida realizou-se a quantificação do transcrito e diluição seriada para a quantificação das 38 amostras.
    Período: 2008 - 2010 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • IDENTIFICAÇÃO, QUANTIFICAÇÃO E GENOTIPAGEM DO VÍRUS DA HEPATITE C EM AMOSTRAS DE SORO DE PACIENTES DA REGIÃO AMAZÔNICA POR PCR EM TEMPO REAL
    A detecção direta do RNA viral tornou-se uma ferramenta essencial no diagnóstico da infecção suas vantagens incluem a possibilidade de detecção precoce na infecção viral aguda. A metodologia de PCR em tempo real permite a detecção do produto à medida que vai sendo formado, permitindo a resolução de uma ampla faixa de carga viral, mostrando ser uma alternativa para a detecção e quantificação do RNA do HCV. A proposta do projeto tem como finalidade desenvolver um diagnóstico qualitativo e quantitativo em amostras de soro de pacientes da região Amazônica por PCR em tempo real com suspeita de HCV.
    Período: 2007 - 2009 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
  • AMPLIFICAÇÃO, CLONAGEM E EXPRESSÃO DE PEPTÍDEOS TRUNCADOS DAS PROTEÍNAS DE ENVOLOPE (E) E NÃO ESTRUTURAL (NS1) DO VÍRUS DENGUE.
    O vírus dengue (DENV) é classificado de acordo com suas características antigênicas em quatro sorotipos: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. O genoma do DENV tem aproximadamente 11kb, com três proteínas estruturais e sete não estruturais.Analisar por bioinformática as seqüências de aminoácidos das proteínas de Envelope e Não Estrutural NS1 para determinar peptídeos dessas duas proteínas e desenhar primers para amplificação e após trunca-lós para serem utilizadas como antígeno recombinante no diagnóstico da dengue.
    Período: 2007 - 2009 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: DESENVOLVIMENTO
Áreas de Atuação
  • Ciências Biológicas :: Biologia Geral :: ::
  • Ciências Biológicas :: Genética :: ::
  • Ciências Biológicas :: Microbiologia :: Microbiologia Aplicada :: Microbiologia Médica
  • Ciências da Saúde :: Farmácia :: Bioquímica :: Parasitologia
  • Ciências da Saúde :: Saúde Coletiva :: Epidemiologia ::
Idiomas
  • Espanhol: Lê: BEM, Fala: RAZOAVELMENTE, Escreve: POUCO, Compreende: BEM
  • Inglês: Lê: BEM, Fala: RAZOAVELMENTE, Escreve: RAZOAVELMENTE, Compreende: BEM
  • Japonês: Lê: NAO_INFORMADO, Fala: NAO_INFORMADO, Escreve: NAO_INFORMADO, Compreende: RAZOAVELMENTE
Banca Julgadora
Tipo de Produção < 201120122013Total
Participação em Banca de Doutorado10012
Participação em Banca de Graduação41005
Participação em Banca de Mestrado23207
Total742114
Eventos
Tipo de Produção < 20112012Total
Participação em Encontro2002
Participação em Oficina1001
Participação em Seminário1102
Participação em Simpósio1012
Total5117
Orientação
Tipo de Produção < 2011Total
Orientação em Andamento de Doutorado123
Orientações Concluídas para Doutorado101
Orientações Concluídas para Mestrado404
Outras Orientações Concluídas606
Total12214
Prêmios
Tipo de Produção < Total
Prêmios11
Total11
Produção Bibliográfica
Tipo de Produção < 201120122013Total
Apresentação de Trabalho60006
Artigo Publicado513211
Organização de Evento10001
Trabalho em Eventos2644034
Total3857252
Pós-Graduação Fale Conosco Financiadores
Coordenação Geral do Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia - PPG-BIONORTE
Universidade Estadual do Maranhão - Cidade Universitária Paulo VI - Predio da Veterinária
Av. Lourenço Vieira da Silva, nº 1000 - CEP: 65.055-313 - São Luis (MA)
Página Inicial  •  Mapa do Site  •  Contato  •  Área Restrita