Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Bionorte
Bionorte
   Brasil, quarta-feira, 21 de Agosto de 2019.CPF:Senha:

Currículo

Currículo do Pesquisador

Carolina Bioni Garcia Teles
CitaçõesTELES, Carolina Bioni Garcia;TELES, CAROLINA BIONI GARCIA;TELES, C.B.G.;Carolina B.G. Teles;TELES, CAROLINA B.G.;Carolina Bioni Garcia Teles
TitulaçãoDoutorado
ÁreaCIENCIAS_BIOLOGICAS :: Microbiologia
Formação
  • Doutorado - Periodo: 2012 a 2015 - Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro
    Universidade de São Paulo
  • Mestrado - Periodo: 2005 a 2007 - Biologia Experimental
    Universidade Federal de Rondônia
  • Especialização - Periodo: 2004 a 2004 - infecção Hospitalar
    Universidade Estadual de Londrina
  • Graduação - Periodo: 1999 a 2003 - Licenciatura Em Ciências Biológicas
    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Atuação Profissional
  • Centro Universitário São Lucas- / Periodo: 2004 a atual
  • Faculdade de Ciências Agrônoma e Veterinária Unesp Jaboticabal- / Periodo: 2002 a 2002
  • Fundação Oswaldo Cruz - Unidade de Rondônia- / Periodo: 2013 a atual
  • Hospital Estadual Bauru- / Periodo: 2003 a 2004
  • Intistuto de Pesquisa de Patologias Tropicais- / Periodo: 2004 a 2008
  • Intistuto de Pesquisa de Patologias Tropicais- / Periodo: 2004 a 2005
  • Journal of Microbiology & Experimentation (JMEN)- / Periodo: 2015 a atual
  • Open Medicine Journal- / Periodo: 2016 a atual
  • Rede de Biodiversidade e Biotecnologia da Amazônia Legal, REDE BIONORTE, Br- / Periodo: 2018 a atual
  • Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso)- / Periodo: 2016 a atual
  • Saber Científico- / Periodo: 2012 a atual
  • Sociedade Beneficente Portuguesa de Bauru- / Periodo: 1999 a 1999
  • Universidade de São Paulo- / Periodo: 2008 a 2015
  • Universidade de São Paulo- / Periodo: 2002 a 2002
  • Universidade Estadual de Londrina- / Periodo: 2003 a 2003
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho- / Periodo: 2000 a 2003
  • Universidade Federal de Rondônia- / Periodo: 2016 a atual
  • Universidade Federal de Rondônia- / Periodo: 2008 a 2008
Linha de Pesquisa
  • Biologia de vetores ou hospedeiros de doenças humanas ou de animais
  • Bioprospecção de bioativos úteis ao tratamento de Leishmaniose.
  • Bioprospecção e Bioensaios
  • Imunopatologia Experimental.
  • Microbiologia aplicada e bioprospecção de produtos naturais
  • Vigilância epidemiológica
Projetos de Pesquisa
  • PROSPECÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E PROTOTIPAGEM DE AGENTES DE AÇÃO ANTIMALÁRICA E INSETICIDA A PATIR DA BIODIVERSIDADE DA AMAZÔNIA LEGAL
    Descrição: O presente projeto tem o objetivo identificar, isolar e produzir, em nível experimental, protótipos de novas drogas derivadas de moléculas de origem vegetal, animal e microbiana oriundas da biodiversidade brasileira, ou especificamente sintetizadas, ativas contra alvos moleculares de vias metabólicas particulares de parasitas da malária humana e de seus respectivo vetor inseto, o Anopheles darlingi.
    Período: 2013 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE TOXINAS ANIMAIS PARA CONSTRUÇÃO PROTÓTIPOS ÚTEIS A SAÚDE HUMANA
    Período: 2013 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Desenvolvimento racional de peptídeos leishmanicidas inspirados em toxinas da herpetofauna
    Menor do que as proteínas, peptídeos desempenham papéis diversificados em muitos processos fisiológicos, onde a maioria das reações químicas, respostas biológicas e os processos regulatórios são modulados em alguma parte por sequências de aminoácidos específicas. Estas sequências funcionais e as suas atividades biológicas, utilizadas de modo a conceber peptídeos sintéticos curtos, que apresentam alta especificidade, estabilidade e facilidade de sintetize criou recentemente um novo campo diversificado de moléculas altamente aplicáveis na indústria farmacêutica, biotecnológica e de cosméticos resultando em patentes e produtos baseados em peptídeos terapêuticos. Os peptídeos podem ser facilmente e amplamente modificados através de substituição de aminoácidos e a utilização de mais de 250 resíduos não genéticos, além de várias modificações nas regiões N e C terminais, para utilização em terapias miméticas. Uma das fontes mais interessantes para busca de peptídeos e proteínas bioativas para mimetização está na biodiversidade da herpetofauna, pois todas as serpentes squamata produzem secreções glandulares venenosas, também conhecidas como peçonhas, compostas por uma mistura complexa de bioativos utilizados contra presas e potenciais predadores com funções homólogas a hormônios, neurotransmissores, antimicrobianos, antiparasitários e inibidores enzimáticos, além de outras com atividade ainda desconhecida. Recentemente, estes venenos têm sido reconhecidos como uma fonte proteínas eficazes contra protozoários do gênero Leishmania, dentre eles merecem destaque as fosfolipases Lys49, aos quais não apresentam atividade catalítica. Estas toxinas apresentam atividade leishmanicida relevante, e são viáveis para o desenvolvimento de peptídeos miméticos que podem ser utilizados como protótipos de novos leishmanicidas. Neste sentido, o uso destas moléculas pode proporcionar novas e mais eficientes terapias contra Leishmanioses em face à emergência de casos de resistência. Estudos desenvolvidos pelo Centro de Estudos de Biomoléculas Aplicadas a Saúde (CEBio) da Fiocruz em Rondônia já identificaram venenos, frações e toxinas com potente atividade Leishmanicida. Neste projeto, propomos o uso de toxinas de serpentes para o desenvolvimento de peptídeos sintéticos visando à promoção de potencial aplicação terapêutica, no intuito de propor novas moléculas úteis para o desenvolvimento de protótipos para a terapia de leishmaniose.
    Período: 2016 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Busca de novos candidatos a fármacos antimaláricos a partir de fontes naturais: uma cooperação entre as regiões sul e norte do Brasil
    O laboratório da Plataforma de Bioensaios de Malária e Leishmaniose (PBML) da Fiocruz RO constitui uma rede integrada da FIOCRUZ que favorece o intercambio entre as instituições internas e externas de pesquisa que tenham interesse em testar potenciais princípios ativos para o tratamento da malária e leishmaniose. O projeto visa avaliar compostos derivados do Acido Ursólico e do Ácido Betulínico obtidos por semissíntese como potencial fármaco antimalárico e anti-leishmania. Esses compostos serão produzidos pelo grupo de pesquisa do Laboratório de Fitoquímica e Síntese Orgânica da UFRGS (LAFIS) tem utilizado a estratégia do uso de espécies vegetais encontradas no Rio Grande do Sul (RS) na busca de novos agentes terapêuticos.
    Período: 2015 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Vigilância do perfil de sensibilidade in vitro de Plasmodium sp. a fármacos de referência e estudo de drogas com potencial antimalárico contra cepas circulantes em Rondônia
    O Estado de Rondônia é um dos responsáveis pela maior prevalência de malária da Região Norte, com notificação de 8,5 casos/ 100.000 habitantes registrados no período de 2000 a 2011. Esse contexto aliado à disseminação de cepas de Plasmodium falciparum multirresistentes, espécie mais virulenta, e o insucesso do tratamento da Cloroquina para malária por P. vivax relatados em vários países, inclusive no Brasil, reforçam a necessidade de implantação dessa proposta da vigilância ex vivo em RO que poderá servir como um instrumento útil no monitoramento e vigilância dessa doença, além da busca por novas opções terapêuticas.
    Período: 2017 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Chamada INCT - MCTI/CNPq/CAPES/FAPs nº 16/2014 - Instituto Nacional de Epidemiologia da Amazônia Ocidental INCT-EpiAmO
    Descrição: O Instituto Nacional de Epidemiologia da Amazônia Ocidental tem como objetivo geral avaliar o quadro epidemiológico das endemias e potenciais patologias emergentes na Amazônia, por meio de uma rede integrada de pesquisadores, visando à proposição e avaliação de medidas inovadoras de controle das endemias da região, particularmente: filarioses; doença de Chagas; leishmanioses; dengue; malária; infecções virais e bacterianas do sistema digestivo e respiratório na infância e hepatites virais. Serão investigados diversos aspectos epidemiológicos como incidência e prevalência; vetores; reservatórios naturais e artificiais; dinâmica e distribuição geográfica; caracterização dos patógenos e os fatores de risco no hospedeiro. Além disso, o projeto propõe utilizar moléculas ou frações com alta bioatividade em cultura de Plasmodium falciparum e em culturas de Leishmania sp. além de infecções experimentais utilizando Plasmodium berghei, Plasmodium yoelii e Leishmania amazonensis para buscar novas alternativas para o tratamento dessas doenças endêmicas na região Norte.
    Período: 2016 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Efeito de Derivados do Ácido Cinâmico Contra Plasmodium falciparum e Plasmodium vivax.
    Chamada N° 006/2017 PROGRAMA DE BOLSAS PARA CAPACITAÇÃO E FIXAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (CAFIX)
    Período: 2018 - atual / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • IV SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO DE RONDÔNIA e II SIMPÓSIO DE NANOBIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE DE RONDÔNIA
    Aprovado para Chamada ARC 01/2017 L2 - Eventos de Abrangência Regional, Proc. CNPq No. 407359, 2a Edição do Simpósio Regional de Pesquisa Científica em Ciências Biológicas e da Saúde da Sociedade Educacional da Região Amazônica (SERA) e Centro Universitário São Lucas (UniSL).
    Período: 2017 - 2018 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: EXTENSAO
  • III Simpósio de Biotecnologia e Biodiversidade (SBB) e II Curso Brasileiro-Argentino de Biotecnologia (CBAB) de Rondônia
    Nesta edição 2018, será abordada as temáticas de "Venômica e antivenômica como ferramentas biotecnológicas para a prospecção de moléculas úteis à saúde humana e animal". O curso trabalhará com o fortalecimento do eixo biotecnológico na região e a cooperação entre Brasil, Argentina, Uruguai, Espanha, Panamá e Costa Rica, e também propiciará o conhecimento mais aprofundado das ciências ômicas entre os alunos e pesquisadores de diferentes regiões e países, utilizando a Venômica e a Antivenômica como ferramentas educativas e práticas na aplicação tecnológica e no desenvolvimento científico da Amazônia Ocidental. Chamada CNPq/MCTIC/CBAB No. 07/2017 Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia - Curso de Cooperação Internacional em Biotecnologia. Curso 07 de Cooperação Internacional, Proc. CNPq No. 440913/2017..
    Período: 2017 - 2018 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: EXTENSAO
  • Avaliação de fatores relevantes para a vigilância em saúde e atenção integral à leishmaniose tegumentar em Rondônia.
    Período: 2014 - 2016 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: PESQUISA
  • Padronização de ensaios imunoenzimáticos para detecção de Leishmaniavírus em formas promastigotas de leishmania
    Período: 2013 - 2014 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: PESQUISA
  • Epidemiologia e Etiologia da LTA em Assis Brasil-AC
    Caracterização da fauna de flebotomíneos, reservatórios naturais e Leishmanias que ocorrem em Assis Brasil-AC, uma das área de maior incidência de LTA no Brasil.
    Período: 2009 - 2011 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: PESQUISA
  • Estudo da Ocorrência da Leishmaniose em Monte Negro, Rondônia, Brasil
    Estudo da ocorrência de LTA em Monte Negro, RO. Caracterização da fauna flebotomínica local e seu papel na transmisão da doença; detecção de anticorpos anti leishmania e anti saliva de moradores próximos do caso índice.
    Período: 2008 - 2010 / Situação: EM_ANDAMENTO / Natureza: PESQUISA
  • Desenvolvimento e implantação de técnicas para o estudo das espécies de Leishmania na região de Porto Velho-RO para ensaios farmacológicos à partir de produtos naturais da Amazônia
    O estudo de novos compostos obtidos da Amazônia para o tratamento da leishmaniose ampliará o conhecimento dos vários produtos que são oriundos da floresta e que ainda não foram caracterizados quanto à sua ação. Este estudo poderá apresentar uma nova combinação de drogas que seja um tratamento eficaz ou que reverta a resistência dos parasitas às drogas atualmente utilizadas. Todos os resultados gerados serão importantes para melhorar as estratégias de tratamento da leishmaniose atualmente utilizadas no estado de Rondônia. A caracterização de espécies de Leishmania na região de Porto Velho refletirá na ampliação do conhecimento sobre os parasitas causadores da Leishmaniose, que é um problema de saúde grave na região. Este conhecimento trará implicações para melhorar dados clínicos e epidemiológicos. A identificação do parasita é importante para o diagnóstico da doença e para a avaliação da terapia. A caracterização das espécies é de fundamental importância para o controle da doença e desenvolvimento de novos métodos de tratamento. Integrantes: Carolina Bioni Garcia Teles - Integrante / Leandro Moreira - Integrante / Valdir Alves Facundo - Integrante / João Vitor Italiano Braz - Integrante / Izaltina Silva Jardim - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa. Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1.
    Período: 2005 - 2009 / Situação: CONCLUIDO / Natureza: PESQUISA
Áreas de Atuação
  • CIENCIAS_BIOLOGICAS :: Microbiologia :: Microbiologia Aplicada ::
  • CIENCIAS_BIOLOGICAS :: Parasitologia :: Protozoologia de Parasitos :: Protozoologia Parasitária Humana
Idiomas
  • Espanhol: Lê: BEM, Fala: POUCO, Escreve: POUCO, Compreende: RAZOAVELMENTE
  • Inglês: Lê: BEM, Fala: RAZOAVELMENTE, Escreve: RAZOAVELMENTE, Compreende: BEM
Banca Julgadora
Tipo de Produção < 20112012201320142015201620172018Total
Banca Julgadora para Concurso Público1000000001
Banca Julgadora para Professor Titular1001000002
Participação em Banca de Doutorado0000010102
Participação em Banca de Exame de Qualificação00000134210
Participação em Banca de Graduação123324001025
Participação em Banca de Mestrado0000010113
Total143334337343
Eventos
Tipo de Produção < 20112013201420152017Total
Participação em Congresso5001219
Participação em Encontro7011009
Participação em Oficina2200015
Participação em Seminário2010003
Participação em Simpósio3010015
Total192322331
Orientação
Tipo de Produção < 2011201220132014201520172018Total
Orientação em Andamento de Doutorado000001012
Orientação em Andamento de Mestrado000000112
Orientações Concluídas para Mestrado000000101
Outras Orientações Concluídas11311121121
Total11311133326
Produção Bibliográfica
Tipo de Produção < 20112012201320142015201620172018Total
Apresentação de Trabalho00113223214
Artigo Publicado03041645124
Capitulo de Livro Publicado0100000001
Curso de Curta Duração Ministrado8010000009
Desenvolvimento de Material Didático ou Institucional4000000004
Organização de Evento0001100002
Outras Bancas Julgadoras0000023117
Outras Participações em Eventos e Congressos160001001018
Relatório de Pesquisa2000000002
Trabalho em Eventos3074225119373
Total60116881520197154
Pós-Graduação Fale Conosco Financiadores
Coordenação Geral do Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia - PPG-BIONORTE
Universidade Estadual do Maranhão - Cidade Universitária Paulo VI - Predio da Veterinária
Av. Lourenço Vieira da Silva, nº 1000 - CEP: 65.055-313 - São Luis (MA)
Página Inicial  •  Mapa do Site  •  Contato  •  Área Restrita