Corpo Discente - Egressos

Augustus Caeser Franke Portella
TítuloCaracterização e atividade entomocida de Siparuna guianensis para mosquitos.
Data da Defesa12/09/2014
Banca

ExaminadorInstituiçãoAprovadoTipo
Dr. Raimundo Wagner de Souza AguiarUniversidade Federal de TocantinsSim
Dr. Raphael Sanzio PimentaUniversidade Federal de TocantinsSim
Dr. Rorigo Ribeiro FidelisUniversidade Federal de TocantinsSim
Dr. Sérgio Donizeti AscêncioUniversidade Federal de TocantinsSim
Dr. Tarcísio Castro Alves de Barros LealUniversidade Federal de TocantinsSim
Palavras-ChavesÓleo essencial. Vapor. Toxicidade. A. aegypti. A. albopictus. C. quinquefasciatus.
ResumoSiparuna guianensis Aublet (Familia: Siparunaceae) é uma planta conhecida no Brasil como capitiú e negramina, distribuída em todos os estados da região norte, centro oeste e sudeste; é utilizada na medicina popular como calmante, antisséptica, diurético, estimulante, anti inflamatório e antitérmico. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho foi caracterizar e avaliar a atividade entomocida do óleo essencial da S. guianensis para A. aegypti, A. albopictus e C. quinquefasciatus por meio de fumigação. A caracterização dos componentes foi realizada por cromatografia gasosa com escpectrometria de massa (CG/MS) e as características fisico-químicas por análises termogravimétricas, espectrometria no ultravioleta e visível (UVVis) e calorimetria exploratória diferencial (DSC). A Energia de Ativação (Ea) foi de 43,1 Kj mol-1, com um coeficiente de correlação (r2) de 97,3. Os constituintes majoritários do óleo essencial de S. guianensis identificados por CG-MS foram o β-mirceno seguido do 2-undecanona. O rendimento médio da extração do óleo essencial foi de 1,75% (m/v), utilizando a técnica de arraste a vapor (Clevenger). O efeito tóxico do vapor do óleo essencial apresentado nos bioensaios foi dependente da temperatura, sendo que na temperatura entre 100 e 110 °C foram necessários menos de cinco minutos para obter 100% de mortalidade dos mosquitos adultos. Neste contexto, verificou-se que o óleo de S. guianensis possui elevado potencial como inseticida biológico e que pode ser utilizado na forma de vapor no controle de A. aegypti, A. albopictus e C. quinquefasciatus.
AbstractSiparuna guianensis Aublet (Familia: Siparunaceae) is a plant known in Brazil as capitiú and negramina, distributed in all states of the regions Norte (North), Centro-oeste (Midwest) and Sudeste (Southeast); it is used in folk medicine as calming, antiseptic, diuretic, stimulating, anti-inflammatory and antipyretic. In this context, this study aimed to characterize and evaluate the entomocidal activity of the essential oil of S. guianensis for A. aegypti, A. albopictus and C. quinquefasciatus through fumigation. The characterization of the components was performed through gas chromatography with mass spectrometry (GC/MS) and the physicochemical characteristics through thermo gravimetric analyses, ultraviolet and visible spectrometry (UVVis) and differential scanning calorimetry (DSC). The Activation Energy (Ae) was 43.1 Kj mol-1, with a coefficient of correlation (r2) of 97.3. The major constituents of the essential oil of S. guianensis, identified by GC-MS, were β-myrcene, followed by 2-undecanone. The average yield of the essential oil extraction was 1.75% (m/v), using the technique of steam distillation (Clevenger). The toxic effect of the essential oil steam, presented in bioassays, was temperature dependent, and in the temperature between 100 and 110 ºC less than five minutes were necessary to obtain 100% of mortality of adult mosquitoes. In this context, it was verified that the oil of S. guianensis has high potential as a biological insecticide and it can be used as steam in the control of A. aegypti, A. albopictus and C. quinquefasciatus.
Parceiros