Corpo Discente - Egressos

Ana Cláudia Alves Cortez
TítuloInfluência da sazonalidade e do modo de coleta na diversidade de fungos decompositores de madeira submersa de ambientes aquáticos da Região Amazônica.
Data da Defesa03/06/2016
Banca

ExaminadorInstituiçãoAprovadoTipo
Dra. Ani Beatriz Jackisch Matsuura - Membro da Banca Examinadora.Fundação Oswaldo Cruz - MASim
Dra. Antonia Queiroz Lima de Souza - Membro da Banca Examinadora.Universidade Federal do AmazonasSim
Dra. Ormezinda Celeste Cristo Fernandes - Membro da Banca Examinadora.Fundação Oswaldo Cruz - AMSim
Dr. João Vicente Braga de Souza - Presidente da Banca Examinadora.Instituto de Pesquisa da Amazonia - INPASim
Dr. José Odair Pereira - Membro da Banca Examinadora.Universidade Federal do AmazonasSim
Palavras-ChavesBiodiversidade;Fungos de água doce;Região Amazônica;Água preta
ResumoApesar da grande importância ecológica, pouco se conhece sobre os fungos de água doce da Região Amazônica. O objetivo geral da presente tese foi investigar a influência da sazonalidade e do modo de coleta na diversidade de fungos decompositores de madeira submersa em ambientes aquáticos da Região Amazônica. A presente tese possui 3 capítulos: a) O primeiro capítulo visou comparar a biodiversidade da comunidade fúngica durante a estação não chuvosa e chuvosa em um pequeno lago de águas preta no Amazonas, Brasil; b) O segundo capítulo teve como objetivo estabelecer o posicionamento filogenético de Longicollum biappendiculatum e realizar uma análise micromorfológica de novos indivíduos isolados na Amazônia Brasileira e c) O terceiro capítulo teve como objetivo descrever a diversidade de fungos presentes em amostras de madeira de um ambiente lótico na Amazônia e avaliar se a metodologia “iscas de madeira” era adequada como metodologia utilizada para amostragem. Para comparação da biodiversidade do ambiente lêntico na estação não chuvosa e chuvosa da Amazônia (Capítulo I) foi realizado o estudo da diversidade de fungos de um total de quatro coletas de madeira submersa em um período de um ano (Maio, Agosto e Novembro de 2013 e Fevereiro de 2014). Para o posicionamento filogenético de L. biappendiculatum (Capítulo II) foram feitas análises taxonômicas morfológicas e filogenéticas. Por fim, para avaliação da metodologia “iscas de madeira” (Capítulo III), foi investigada a diversidade fúngica de 30 fragmentos de madeira naturalmente em decomposição e comparada a de 30 iscas de madeira (fragmentos de madeira propositalmente colocados em decomposição por 6 meses). Quanto aos resultados da comparação da biodiversidade do ambiente lêntico nas duas estações da Amazônia (Capítulo I), observou-se que nas madeiras coletadas do ambiente lêntico investigado existia uma riqueza de biodiversidade fúngica equilibrada no ecossistema de água preta, e que o período chuvoso apresenta um número superior de táxons (aumento causado por elevado número de fungos mitospóricos). Quanto ao posicionamento filogenético de L. biappendiculatum (Capítulo II), as análises filogenéticas aplicadas demonstraram que essa espécie faz parte da família Annulatascaceae stricto sensu. Quanto a aplicação da metodologia “iscas de madeira” para investigar a diversidade de um ambiente lótico de nossa região (Capítulo III), concluiu-se que, no ambiente lótico investigado foi observada alta diversidade fúngica nas madeiras coletadas e que o método de "iscas de madeira”, nas condições experimentais, não foi adequado para descrever essa diversidade.
AbstractDespite the great ecological importance, little is known about freshwater fungi in the Amazon region. The overall objective of this thesis was to investigate the influence of seasonality and collection mode in the diversity of fungal decomposers of submerged wood in aquatic environments in the Amazon region. This thesis has three chapters: a) The first chapter was to compare the biodiversity of the fungal community during non-rainy and rainy season in a small lake of black water in the Amazon, Brazil; b) The second chapter proposed to establish the phylogenetic position of Longicollum biappendiculatum and perform a micromorphological analysis of new single individuals in the Brazilian Amazon and c) The third chapter aimed to describe the diversity of fungi present in wood samples of a lotic environment in the Amazon and evaluate the methodology "bait timber" was suitable as a methodology for sampling. To compare the biodiversity of the lentic environment in rainy and not rainy season the Amazon (Chapter I) was conducted to study the diversity of fungal a total of four wooden collections submerged in a period of one year (May, August and November 2013 and February 2014). For the phylogenetic position of L. biappendiculatum (Chapter II) analyzes were performed morphological and phylogenetic taxonomy. Finally, to review the methodology "bait timber" (Chapter III) was investigated fungal range of 30 wood fragments naturally decomposition and compared to 30 Wood baits (wood fragments purposely placed decaying over 6 months). As for the results of the comparison of biodiversity to the still water environment in the two seasons of the Amazon (Chapter I), it was observed that in the woods collected from the investigated lentic environment existed a wealth of balanced fungal biodiversity in the ecosystem of black water, and the rainy season has a higher number of taxa (increase caused by large number of mitosporic fungi). As for the phylogenetic positionamento of L. biappendiculatum (Chapter II), phylogenetic analysis applied showed that this taxon is part of the strict sense Annulatascaceae family. The application of the methodology "bait timber" to investigate the diversity of a lotic environment of our region (Chapter III), it was concluded that in lotic investigated showed high diversity fungal the collected woods and the method of "bait timber", the experimental conditions, it was not appropriate to describe this diversity.
Parceiros