Biodiversidade e Conservação

DisciplinaBases Ecológicas da Conservaçâo
CódigoBDV-001
TipoOptativa
Nº de créditos4
Carga Horária30 Teorica / 30 Prática
Professores
Gilda Vasconcelos de Andrade (MA), Renato Torres Pinheiro (TO)
Ementa
História, epistemologia e teoria da ecologia em seus diferentes níveis hierárquicos. Conceito de população. Estudos de densidade e de abundância relativa. Conceitos relativos aos ritmos, índices, taxas e capacidade de sustentação. Oscilações cíclicas, regulação, dispersão e bioenergética. Estrutura das populações, interações interespecíficas positivas e negativas. Utilização desses conceitos para embasar, uma análise crítica dos paradigmas da Conservação da Biodiversidade, enfatizando sua fundamentação teórica e sua aplicação na conservação in situ e ex situ de espécies, comunidades e ecossistemas.
Bibliográfia
BEGON, M., TOWNSEND, CL, HARPER JL. 2007. Ecologia: de indivíduos a ecossistemas. 4a. ed. ARTMED Editora.
CODY, M. L. & DIAMOND, J. M., eds. 1975. Ecology and evolution of communities. Harvard University Press.
FUTUYMA, D. J. 2002. Biologia evolutiva. (2a edição). FUNPEC-RP: Ribeirão Preto, 631p
MEFFE, G. K., 2004. Principles of Conservation Biology, 3rd edition, Sinauer Associates, Inc.
MARGULES, C. R., and R. L. PRESSEY. 2000. Systematic conservation planning. Nature 405:243-253.
ODUM, E. P. 2004. Fundamentos de Ecologia. (7a edição). Calouste Gulbenkian: Lisboa. 927p.
POULIN, R.; MORAND, S.; SKORPING, A. 2000. Evolutionary biology of host-parasite relationships: theory meets reality. Elsevier Science Publishers, Amsterdam..
VAUGHAN, T.A., RYAN, J.M. & CZAPLEWSKI, N.J. 2002. Mammalogy. (4th Edition). Thomson Learning: USA. 598p.
SHRADER-FRECHETTE, K. S., and E. D. McCOY. 1993. Method in ecology: strategies for conservation. Cambridge University Press, Cambridge.
Artigos selecionados de periódicos da área.
Partners